Diário

Porque estarão aqui blindados certos contratos que são autênticos roubos?

Mais um bom exemplo que nos chega da América do Sul, quando alguns ganham descaradamente e com isso empobrecem os restantes, há que tomar medidas, pois veja-se esta do Sr. Chavez, mesmo enfermo.
http://economico.sapo.pt/noticias/chavez-fecha-lojas-zara-por-72-horas_163427.html
A Zara tem na Venezuela nove lojas em sistema de franchising, que face à desvalorização da moeda local, não refizeram os seus preços de venda sujeitando assim os clientes a um esforço maior para adquirir os produtos.
Pois o que faz o governo Venezuelano? Fecha as lojas até que estas expliquem as suas estruturas de custos e assim possam justificar as margens, não sendo estas razoáveis, zaz, sanções para cima.
Não entendemos porque não se praticam cá medidas semelhantes para roubos tremendamente mais descarados e se deixa uns quantos “Vampiros”, para usar o termo do Zeca Afonso, roubar os restantes cidadãos com rendas pornográficas nas autoestradas e outras PPP, e ainda com as rendas da energia.
Sabemos bem porque o não fazem, porque não querem tocar em quem lhes pode garantir o sustento futuro em termos de reformas ou vencimentos dourados.
Assim certos ministros, podem depois,” por seus valerosos feitos”, a favor destas empresas, ficar muito ricos quando deixam o governo. Podiam enunciar-se alguns nomes hoje em dia.
Para o professor Salazar já era claro, que melhor que ser ministro, era ter sido ministro. Tem ainda uma frase que eu acho tão acertada como muitas atitudes do presidente Chavez, pois é ela a seguinte: “ há que regular a máquina do Estado com tal precisão, que os ministros estejam impossibilitados, pela própria natureza das leis, de fazer favores aos seus conhecidos e amigos,”. Quase premonitória a frase, para a bandidagem que nos tem governado de 1986 para cá.
Somos claramente esquerdistas, mas se hoje se mantivesse a governação de Salazar, estaríamos claramente à esquerda do que temos estado nos últimos vinte anos, admitindo que em termos de liberdades também já se teriam feito avanços significativos, não estaríamos pior que hoje. Sei que estas afirmações podem chocar legitimamente, os que foram torturados às mãos do regime Salazarista, por isso peço que se não ofendam com a minha observação. Apenas digo que concordo com muitas das suas teorias e que eram no meu entender muito mais defensoras do povo, que as tomadas por governos democraticamente eleitos por esse mesmo povo.
TERMINAMOS COM UMA QUESTÃO: PORQUE NÃO SE CORTAM OS TAIS 800M€ EM 2013, NAS RENDAS DESTA GENTE EM VEZ DE SALTAR DE NOVO EM CIMA DO ZE POVINHO?

Standard

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *