Diário

Gaspar e a altura certa para o investimento.

Esta gente é tonta e quer fazer de nós tontos, bem sabemos que faltam poucos meses para as autárquicas, mas calma não é com umas medidas de propaganda que vamos, agora já devidamente curtidos da pele, ser enganados facilmente.
O ministro Gaspar, veio hoje perante a contínua derrapagem orçamental, apresentar uma serie de medidas teoricamente promotoras de investimento. Afirmando ser agora a altura disso. Notícia do económico
Por vezes questiono-me, o que julgarão estes ministros de pacotilha que são os eleitores, tolos ou completamente burros e altamente manipuláveis? Porque será agora a boa altura? Se o dinheiro não vai ser do estado, porque não poderia ter sido feito simultaneamente com o rigor orçamental. Se é privado o investimento, se as medidas de financiamento vêm da banca, portuguesa e alemã, porque agora é que é certa a altura?
Será porque só os mais ricos terão agora acesso ao crédito? Será porque perceberam agora que estavam errados anteriormente? Ou será porque teremos autárquicas este ano?
Ainda assim estas medidas servirão zero para aumentar o emprego ou mesmo o investimento, só quem está devidamente capitalizado e sempre teve acesso ao crédito bancário poderá agora investir os tais três milhões que darão acesso ao crédito fiscal e assim diminuir a receita do estado sem criar emprego nem receita por lado nenhum. Gente tola a tentar tornar os outros tolos, entenda-se por outros os portugueses eleitores, os únicos que são contáveis e como tal contam para eles.
Transformar as dívidas das empresas ao estado, na maioria incobráveis, em capital social das empresas e como capital de risco as dividas à banca dessas mesmas empresas, claro contra a apresentação de bons projetos e criação líquida de emprego, é que seriam boas e frutuosas medidas. De outra forma vão as empresas continuar impedidas de aceder ao crédito e de investir seja lá que quantidade de capital seja.
Enquanto esta gente se mantiver pela governação, não sairemos desta miserável condição de falsidade e incompetência política. São intelectualmente e honestamente miseráveis, além de que fazem fazem dos seus concidadãos miseráveis em termos económicos.
O QUE ACHARÁ DISTO O CAVACO MUMIFICADO, OU ANTES FOSSILIZADO. SE É QUE UM FÓSSIL MESMO COM UM BATALHÃO DE RESINGÕES CONSELHEIROS DE ESTADO, PODE ACHAR SEJA O QUE FOR DO ALTO DA SUA DECREPITUDE.
23-05-2013
Dinis Jesus

Standard

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *