Diário

Hollande e a sua atitude perante a comissão europeia.

Este senhor a quem uns quantos mais à direita cá no burgo têm tentado chamar de frouxo, parece que de vez em quando é bem capaz de afrontar os verdadeiramente frouxos, mesmo contrariando a sua parceira no eixo Franco-Alemão.
Veja-se como respondeu ao frouxíssimo Durão Barroso quando este artista resolveu incitar a França às reformas liberais. Bom ele e outros apaniguados da Merkeliana política, chamam-lhe de reformas estruturais, mas não estruturam coisa nenhuma como se vê em Portugal ou na Grécia, tornam pobres os remediados e atiram para a indigência os pobres.
Notícia do Expresso
Deviam os nossos atrofiados e servis políticos, olhar bem para este tipo de resposta e tentar replicar a mesma receita sempre que nos dizem que temos de fazer reformas que apenas cortam no social do estado. Na criminosa banca e alta finança, ninguém ousa cortar nada.
É a tal política de ser forte com os fracos e fraco com os fortes, aqui no caso os fortes não são mais do que os mais poderosos financeiramente, porque nem por isso são muito fortes em termos de inteligência.
Este senhor Hollande quando afrontado pelo presidente da comissão europeia, logo o colocou no seu devido lugar, dizendo-lhe de imediato que a UE não tem nada que se imiscuir nas questões governativas da França.
Quando teremos nós governantes que não se coloquem de cócoras sempre que alguém daquelas bandas nos diz qualquer coisa?
Veja-se hoje a técnica do nosso ministro Gaspar, para apaziguar os ânimos da malta, afirma-se adepto do SLB, e já está, trata de se colar a seis milhões de contribuintes. Será que foi alguma bruxa ou curandeira que lhe disse que afirmar-se do Benfica acalmava os ânimos? Esta gente não se enxerga.
Estamos entregues à bicharada e assim não vamos lá, o que terá ele respondido ao pedido do BANIF? Isso é que nos dava jeito saber, não era se ele é do Benfica ou de outro clube qualquer. Eu por mim também benfiquista sentia-me muito mais feliz se o artola fosse adepto dos alguidares de baixo ou mesmo do cascalheira de cima, seriam clubes mais compatíveis desportivamente com o nível político do homem.
ATÉ QUANDO TEREMOS DE LEVAR COM ESTE BANDO DE ENERGUMENOS GOVERNANTES? O QUE PRECISARÁ A MÚMIA CAVACO PARA PERCEBER QUE QUANTO MAIS TEMPO PIOR FICARÁ O JÁ MISERÁVEL PAÍS?
QUE RAIO DE SORTE A DESTA POBRE GENTE.
29-05-2013
Dinis Jesus

Standard

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *