Diário

O espião e a sua integração na presidência do conselho de ministros.

Será a integração, do ex-espião e ex-diretor do SIED, no serviço da presidência do conselho de ministros, mais ou menos grave que a vinda de Sócrates para comentador da RTP?
http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=27&did=101749
Sabendo que a tal nomeação decorre da lei, mas achando que há outras interpretações da mesma lei, tal como as diferenças de julgamento sobre uma mesma lei, que deixam Luis Filipe Menezes ser candidato no Porto e não deixam Fernando Seara ser em Lisboa, é a mesma lei e leituras diferentes dos juízes que julgaram as providências cautelares.
Será que seria de bom-tom ter aqui também havido o uso dessa ferramenta e o Sr. Primeiro-Ministro ter apresentado um pedido de providência cautelar, antes da nomeação? Ou outra qualquer entidade, para não sujeitar o primeiro-ministro a essa trabalheira.
A nós claramente parece que sim, até porque imaginemos que o homem é condenado pelos três crimes de que está acusado (acesso indevido a dados pessoais, abuso de poder e violação do segredo de Estado), estando o início da fase de instrução marcada para 3 de Abril. Em última análise até é preso. Como descalçarão a bota nesse caso? Bem sabemos que parece que o homem ajudou o governo e sobretudo o esforçado e competente ministro Relvas, mas isso bastará?
Tudo isto soa a brincadeira, soa a “que se lixe porque quem paga são os portugueses”
Além disso foi o homem que pediu a demissão para ir trabalhar para aquela empresa famosa, sabemos de quem, uma tal de ONGOING, e ninguém o tinha despedido nem havia ainda as tais rescisões amigáveis.
Agora também neste caso se dividirão as opiniões e quase sempre com base apenas num princípio, o da côr política. Mas ao que parece ainda não há petições, estarão os portugueses a ficar mandriões também em peticionar?
NÃO MANDARIA A PRUDÊNCIA, A MORAL E O BEM DA COISA PÚBLICA, QUE SE ESPERE UM POUCO PARA VER O QUE VAI ACONTECER AO HOMEM?
SE ATÉ PARECE QUE ELE VAI RECEBER COM RETROATIVOS. QUE MAL TERIA ATRASAR, NOMEANDO-O APENAS SE NÃO FOR CONDENADO?
OU TERÁ DIREITO AINDA A RECEBER SE ESTIVER PRESO?
PARECE QUE NESTE PAÍS ESTÁ TUDO LOUCO E JÁ NÃO HÁ MORAL NEM DECORO.

Standard

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *