Poesia

Receita

Se o mundo te maltrata e desagrada
Não reconhece nem te dá o merecido
Trata-o a ele como bicho adormecido
Faz-te a uma vida tola e desregrada.

Estado de abandono e surda entrega
Tolde-se a razão ou boa consciência
Tudo vale, até uma gulosa indecência
O corpo clamará bom sexo e refrega.

Serve o quente verão e o frio invernal
É quase transe ou dança com fumaça
Musica, álcool e o bom prazer carnal.

Se a decadência é coisa que nos valha?
Nos dias de confusão ou má desgraça
Serve bem, quando tudo o resto falha.

Dinis Jesus – 17-01-2014
Homenagem a Ary dos Santos no dia dos 30 anos da sua morte

Standard
Poesia

Eu espero

Espero ouvir-te sempre
Espero saber-te em sintonia comigo
Espero que gostes do que digo ou escrevo
Espero que aches que eu estou certo
Espero um gosto teu no Facebook
Espero uma chamada tua no telemóvel
Espero o teu riso doce quando te falo
Espero sentir-te perto de mim
Espero nossas conversas sobre a vida
Espero que continuemos próximos
Espero de ti, um dia, o supremo prazer.
Espero porque, por ti, vale a pena esperar.
E se o dia tarda acontecer, esse o do supremo prazer
Eu espero, espero na esperança… nada mais posso fazer.

D.J. 31/12/2016

Standard
Poesia

Passional

Sou um ser totalmente passional.
Sou movida pela emoção, pela paixão…. tenho meus desatinos…
Detesto coisas mais ou menos.
Não sei conviver com pessoas mais ou menos.
Não sei amar mais ou menos.
Não me entrego de forma mais ou menos.
Se você procura alguém coerente, sensata, politicamente correta, racional, cheia de moralismo… ESQUEÇA-ME!
Se você sabe conviver com pessoas intempestivas, emotivas, vulneráveis, amáveis, que explodem na emoção… ACOLHA-ME!
Se você se assusta com esse meu jeito de ser, AFASTE-SE!
Se você quiser me conhecer melhor. APROXIME-SE!
Se você não gosta de mim, IGNORE-ME!
E quando eu partir… não chore.

«Clarice Lispector»

Standard
Poesia

Busca

Sonhar o sonho impossível,
sofrer a angustia implacável,
pisar onde os bravos não ousam,
reparar o mal irreparável,
amar um amor casto à distancia,
enfrentar o inimigo invencível,
tentar quando as forças se esvaem,
alcançar a estrela inatingível:
Essa é a minha busca.

«Don Quijote»

Standard