Poesia

Mãe

Mãe é quem gerou e quem pariu

Mãe é aquela que ralhando ajudou

Mãe é a que ainda está ou já partiu

Mãe é amor que a vida nunca mudou

Mãe é vida, senhora forte, que não fugiu

Mãe é um querer muito que jamais findou.

Bamako, 7 de maio de 2017

Standard

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *