Diário

O apalhaçado ministro da economia

Hoje quase ria-mos de espanto perante a forma apalhaçada que o ministro Pires de Lima utilizou na assembleia da republica, não fora ser sério o facto de ele ser ministro de um governo nacional. Tentará o homem ser o Tiririca cá do sitio? Se sim é pena que nos tenha gasto tanto dinheiro a estudar, o outro o original, nem precisou de andar na escola.

Para que possa ser confirmado o que digo, deixo aqui o caminho para a noticia.

Esta gente ou bebe ou fuma quase de certeza, de outra forma não estaria com uma postura ridícula destas num local que não é nada próprio para palhaçadas. Que nos mintam por lá já vamos estando habituados, agora que juntem às mentiras e à demagogia um exercício de comédia com ar de stand-up com tom apalhaçado é que nos parece um exagero e soa a que alem de nos sodomizarem ainda colocam areia no lubrificante.

Não pensem os meus estimados leitores que não ponderei se o tom em que escrevo este texto seria ou não exagerado. Fi-lo, só que conclui que se o ministro pode dar um ar de maluco muito menos mal me ficará a mim este tom exagerado.

Estes tristes governantes, inchados de vaidade e arrogância, julgam-se capazes de tudo e já nem se incomodam em ter decoro e aprumo, esses que um lugar de ministro impõem a quem o desempenha.

Estamos entregues a um bando de loucos e incapazes que dirigem um governo que é só o mais incompetente da história da democracia portuguesa no pós 1974. Como foram legitimamente eleitos, embora em cima de um chorrilho de falsidades, teremos o que merecemos.

Standard

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *