Diário

Greves e chantagens?

Porque o mais apelativo dos motivos de conversa nas rádios, televisões e jornais e até entre ministros e secretários de estado é a greve da TAP que se iniciou à meia noite, e porque alguns tentam de forma imoral e demagogicamente chantagista, voltar todos contra os pilotos grevistas, pergunto:

Têm legalmente direito à greve ou não, os pilotos ou quaisquer outros, quando julgam que lutando alcançam ganhos em termos laborais?

Creio não existir ninguém com as três quartas bem aferidas, como diria o meu querido avô, que não aceite tal legalidade…

Então digo mais: esse direito, e apenas esse, legitima todas, mas todas, as greves…

Mas é claro, alguns querem um bode expiatório para a desgraça em que têm a TAP… E para alcançarem o que ideologicamente desejam… Para mim, ser privatizada ou liquidada dá exatamente o mesmo. Se não é nossa voo com quem me levar e logo aparecerá quem… E os defensores do mercado sem limitações, sabem que não têm legitimidade para falar dos empregos e da defesa da economia como se de fervorosos comunistas se tratassem, o seu capitalismo e mercado se encarregarão de acomodar todos e tudo. Estes gajos não têm é mais a minha autorização para nos enganarem…

Se fosse um dia e tal ainda se aceitava!! Era cocegas, se faz marcas é desproporcional, irresponsável e levará à ruína a TAP… Mas ela não está já arruinada e não é essa a justificação para a privatização??? Tretas para chantagens emocionais , eu estou com os pilotos que fizerem greve, incondicionalmente e até bem contente por haver um grupo de pessoas que consegue incomodar tanto o bloco cinzentão instalado na governança…

Temos administradores incompetentes, elegemos muitos governantes inúteis e medíocres, por certo estamos bem representados enquanto povo.

Standard

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *