Diário

A importância de Cuba.

Hoje e no seguimento do mediatismo da reunião entre Barack Obama e Raul Castro no Panamá, apetece-nos questionar porque se mostra tão importante e motivo de tanto alarido um país da dimensão de Cuba e com tão pouca influência económica no mundo. Sim porque a anormalidade que confere importância nesta situação é a presença do Presidente de Cuba já que Obama é costumeiro nestas coisas. Concluímos daqui que um dos únicos modelos socialistas vigentes no mundo, mesmo num pequeno país como Cuba, ainda tem um peso especifico importante que não depende da questão económica mas sim da confrontação de modelos, reconhecendo-se assim ao modelo cubano uma dimensão e capacidade que muitos teimam em tentar desacreditar por todos os meios.

Esperamos sinceramente que tais encontros e aproximações tragam mais liberdade e meios ao povo cubano mas não lhe retirem os evidentes ganhos da revolução socialista, como são o sistema educativo e o sistema nacional de saúde cubanos. Em abstrato sempre nos parecem bem as relações cordiais entre países vizinhos, mas ambicionamos que esta atitude dos americanos não seja apenas o tentar alcançar a americanização de Cuba por um processo que consiga o que não conseguiu o bloqueio.

Veremos o que permite o congresso, maioritariamente republicano a um aparentemente bem intencionado democrata como Obama.

Standard

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *